9 dicas infalíveis para manter a saúde financeira da empresa

9-dicas-infaliveis-para-manter-a-saude-financeira-da-empresa.jpeg

 

Você toma os cuidados necessários com a saúde financeira da sua empresa? Para que isso ocorra, é preciso que você adote algumas boas práticas na gestão do seu negócio — que muito se assemelham aos cuidados que geralmente tomamos com a nossa saúde pessoal.

Assim como as pessoas fazem exercícios físicos e adotam uma alimentação saudável para evitar o desenvolvimento de doenças, o mesmo deve ser feito com as empresas. As organizações precisam de controle e equilíbrio para se manterem saudáveis e dando lucros.

Neste post apresentaremos 9 dicas infalíveis para manter a saúde financeira da empresa. Siga a leitura e confira agora mesmo as nossas orientações!

1. Faça a contabilização de gastos

É preciso que você tenha contabilizados todos os gastos do seu negócio, tendo sempre o registro de todo o dinheiro que sai da organização. Somente assim será possível ver se algo está fora de controle e precisa ser revisado.

Uma boa forma de contabilizar os gastos de uma empresa é classificar os valores que saem do fluxo de caixa. Podem ser criadas categorias de gastos fixos referentes à estrutura — como contas de água, energia, internet e aluguel de imóveis — e de despesas variáveis, como conserto de equipamentos.

Categorizar os gastos da empresa dará a você uma dimensão dos gargalos que podem ser diminuídos ou, até mesmo, eliminados. Desse modo, se você perceber que gasta muito dinheiro com a conta de telefone, pode optar por alternativas para esse serviço — como fazer ligações via Skype ou WhatsApp.

2. Quite as suas dívidas o mais breve possível

Muitos empresários, quando iniciam um negócio, fazem empréstimos no banco ou em outras instituições para dar o pontapé inicial na empresa: investindo em maquinário, móveis, infraestrutura etc.

No entanto, as dívidas, quando não são pagas em dia, podem gerar juros extremamente altos — o que dificulta na obtenção de lucros. E isso acaba afetando (e muito) a saúde financeira da empresa.

Para se livrar logo das dívidas, recomenda-se que seja separado um valor mensal destinado exclusivamente para o pagamento das contas. Isso evita com que elas se arrastem por muito tempo e deixem a empresa no vermelho.

3. Estipule metas para serem cumpridas

Para que você possa crescer sempre com um saldo bancário positivo e livre das dívidas, recomenda-se a estipulação de metas para conquistar novos recursos para o seu negócio.

No início de cada ano, ao desenvolver o planejamento estratégico da organização, pode-se definir a meta para ser adquirido durante o ano. As metas podem ser, por exemplo, adquirir um novo veículo para a frota da empresa, reformar uma parte da sede, contratar um novo funcionário para determinado setor etc.

As metas servem como um ponto de chegada na trajetória anual da empresa. Desse modo, os gestores devem poupar para alcançar os objetivos sem contrair dívidas e nem “dar o passo maior do que a perna”.

4. Avalie as ofertas ao fazer compras

Ao adquirir insumos e materiais para a sua empresa, recomenda-se a avaliação de melhores preços e ofertas no mercado — visando sempre à economia.

Se, por exemplo, for necessário comprar novos computadores para a empresa, pode-se fazer orçamentos com três ou quatro lojas de informática da sua cidade — a fim de identificar qual delas pode proporcionar um preço mais em conta pelas máquinas.

Quando você adquire produtos sem pesquisar, está assumindo o risco de pagar mais caro por ele — sendo que, às vezes, o mesmo produto pode ser adquirido por um preço inferior em outra empresa. É por isso que a pesquisa é sempre tão importante antes de finalizar qualquer compra.

5. Tenha sempre um capital de giro

Para garantir a saúde financeira da empresa, é fundamental que o empreendedor tenha um capital de giro. Esse dinheiro, no início, pode ser utilizado para a compra de matéria-prima ou materiais necessários para o desenvolvimento das atividades do negócio.

Após esse período, quando tudo já estiver bem estruturado, o valor do capital de giro poderá servir para que a empresa previna-se de danos causados pela inadimplência dos seus clientes, por exemplo. Ou, então, para investir em campanhas de marketing e fazer com que mais pessoas conheçam a marca.

6. Faça previsões de cenários futuros

As questões relacionadas à política e à economia devem sempre estar entre os assuntos que um empresário acompanha ao ler jornais e revistas ou acessar portais de notícias na internet.

O empreendedor precisa sempre acompanhar as tendências econômicas do mercado, sabendo quando e onde investir (ou não investir) para obter maior lucratividade e evitar prejuízos.

7. Tenha funcionários engajados com a cultura organizacional

A sua empresa precisa ter uma cultura organizacional bem definida com missão, visão e valores — e que devem ser tidos como preceitos básicos para qualquer pessoa que trabalhe no local.

Entre esses valores, deve estar a conscientização sustentável de que se deve evitar gastos desnecessários — como deixar muitos equipamentos ligados ao mesmo tempo, fazer chamadas telefônicas de longa distância muito duradouras e não economizar nos materiais de trabalho.

Os funcionários precisam ser conscientizados de que, ao pouparem recursos da empresa, também poderão obter benefícios — como um aumento de salário, uma vez que a organização poderá destinar menos verba para o pagamento de outras contas.

8. Contrate com um bom contador

Por mais que você adote boas práticas para economizar dinheiro, é necessário contratar um bom contador para auxiliá-lo a administrar as finanças da sua empresa.

Esse profissional pode ser contratado e atuar tanto dentro da própria organização quanto por conta própria — e apenas prestar serviços.

9. Utilize ferramentas tecnológicas de gestão

Na atualidade, existem aplicativos como o Asaas, que podem contribuir muito para manter o setor financeiro da sua empresa sempre em dia. Esse tipo de app ajuda o empreendedor a receber o seu dinheiro com profissionalismo e garantia de sucesso.

Ao seguir as nossas dicas, temos certeza de que manter a saúde financeira da empresa será algo feito cotidianamente no seu negócio — sem que grandes complicações. Além disso, você pode contar sempre com a Assas para lhe ajudar. Entre em contato conosco e saiba mais!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.