Antecipação de recebíveis: guia prático para tirar suas dúvidas!

Em um cenário ideal, uma empresa sempre deveria ter a capacidade de gerar resultados suficientes para cobrir todas as despesas e, ainda, ter um percentual de lucro para os seus sócios ou para realizar investimentos.

Entretanto, esse cenário, nos dias de hoje, é quase uma utopia. Chega um momento em que é inevitável recorrer a algum produto financeiro, seja para pagar alguma despesa imprevista ou para investir em uma oportunidade de ouro.

Pelo motivo que for, isso pode ocorrer, porém, existem outras opções além das tradicionais que conhecemos. Hoje, vamos apresentar a antecipação de recebíveis. Acompanhe-nos nesta leitura para saber mais sobre ela!

O que é a antecipação de recebíveis?

A definição de antecipação de recebíveis é muito simples. Basicamente, é uma operação de crédito em que você escolhe receber hoje os valores que seriam recebidos no futuro. Ou seja, seria como antecipar um valor que seria pago de forma parcelada.

Essa operação pode ser realizada com cheques, duplicatas ou boletos, dependendo da disponibilidade e das linhas de crédito da instituição financeira ou bancária. Essa estratégia é muito utilizada por empresas que precisam levantar determinadas quantias rapidamente.

Como contrapartida do crédito antecipado, a instituição ficará com o título e, quando ele vencer, receberá o valor por você. Por isso, ela também cobrará um percentual do montante do documento de cobrança.

Como funciona a antecipação de recebíveis na prática?

Agora que você entendeu o que é a antecipação de recebíveis, vamos mostrar como ela funciona na prática. Antes de tudo, sabemos que esse processo é um produto financeiro oferecido por instituições especializadas, sendo assim, haverá uma cobrança que será um percentual aplicado ao título.

Esse montante pode variar de acordo com o valor do documento e o tempo que ele ainda demorará para vencer, sendo assim, à medida que o prazo para liquidação for maior, também será aumentado o percentual que ficará com o banco ou financeira.

Além disso, também poderão ser cobradas outras tarifas por parte da instituição. Portanto, analise bem antes de contratar, pois, assim, você não será surpreendido com uma cobrança adicional no momento de fechar o contrato.

Para entender melhor como funciona, vamos explicar com um exemplo inteiramente hipotético. Suponhamos que você tenha um título que vencerá daqui a 30 dias no valor de R$ 5.000,00.

Entretanto, você vislumbra a oportunidade de adquirir um equipamento que aumentará em 30% a capacidade de gerar receitas no seu estabelecimento. Esse bem custa aproximadamente o valor que mencionamos.

Assim, você se dirige ao banco e solicita uma antecipação desse recebível. Nesse caso, o empresário do nosso exemplo sairá do estabelecimento com a maior parte do título em dinheiro, e a instituição ficará responsável por receber o documento, além de ficar com uma pequena parte do seu valor.

Obviamente, trata-se de um procedimento de risco, portanto, na prática, a solicitação não é tão simples como mencionamos — a instituição solicitará uma série de documentos e fará uma análise para verificar a viabilidade da operação.

Além disso, você precisa ter absoluta certeza de que o valor antecipado não prejudicará o seu planejamento financeiro no futuro, mas isso será mencionado em outro tópico ainda neste artigo. Vamos continuar a nossa leitura.

Quais são as 4 principais vantagens desse processo?

Agora que você entendeu a fundo como funciona a antecipação de recebíveis, vamos mostrar os principais benefícios que esse processo pode proporcionar à sua empresa, caso você precise recorrer a uma linha de crédito.

Essas vantagens podem ser inúmeras, porém, neste artigo, vamos listar as 4 principais e que mais impactam na hora de um empresário decidir se vai contratar esse tipo de serviço financeiro.

1. Dinheiro na mão em pouco tempo

O primeiro benefício é bem óbvio, afinal, ao optar pela antecipação de recebíveis, você poderá ter dinheiro na mão para realizar transações urgentes, como a quitação de um gasto inesperado ou mesmo para fazer um investimento importante.

Muitas empresas utilizam-se dessa ferramenta para aumentar o seu estoque em períodos de picos de venda, quando precisam de um grande número de produtos ou materiais para serem comercializados ou utilizados na prestação de serviço.

Outras usam-na como fonte de recursos para aquisição de máquinas ou equipamentos, aproveitando uma oportunidade disponibilizada pelo mercado. Enfim, os motivos são variados, o que você precisa entender é que esse processo é uma excelente forma de levantar recursos em pouquíssimo espaço de tempo.

2. Quitação da dívida de uma só vez

Outra grande vantagem da antecipação de recebíveis é a possibilidade de pagar toda a dívida em apenas uma transação. Como o dinheiro que foi cedido pelo banco, em troca do documento, está vinculado ao recebimento de um título, pela lógica, o pagamento será realizado assim que ele for liquidado.

Voltando ao exemplo que mencionamos acima, a dívida do cliente que foi ao banco para antecipar um título no valor de R$ 5.000,00 será liquidada assim que o documento de cobrança for pago pelo sacado.

O cliente do tomador realizará o pagamento na data prevista no título de cobrança, assim, em vez de o dinheiro ir para ele, será redirecionado ao banco ou instituição financeira que realizou a transação.

Em seguida, quando for constatado o pagamento do título, a dívida da empresa com o tomador será liquidada, o que será o fim da transação de empréstimo realizada com documento de cobrança.

Agora, você deve estar se perguntando: mas e se o sacado não efetuar o pagamento do título recebível na data prevista? Bom, isso já é outro assunto, mas nós vamos discutir sobre ele ainda neste artigo, ao tratar dos riscos de realizar essa operação. Portanto, continue a sua leitura!

3. Agilidade e praticidade

Outra vantagem muito interessante da antecipação de recebíveis é a agilidade e praticidade. Geralmente, esses procedimentos são bem mais rápidos que as solicitações de empréstimo ou financiamento convencionais.

Isso ocorre pelo simples fato de o risco da instituição realizadora da operação ser bem reduzido, tendo em vista que tem um título que pode ser executado judicialmente ou cobrado de acordo com as normas de cobrança que existem atualmente.

Assim, é muito comum encontrar empresas que fazem esse tipo de procedimento por um valor bem abaixo da taxa de juros dos empréstimos e com bem menos burocracias chatas e que tomam tempo.

4. Flexibilidade

Por fim, também podemos destacar a flexibilidade desse tipo de operação. Geralmente, os empréstimos e financiamentos proporcionam um limite de crédito para determinados tipos de solicitantes.

Isso ocorre porque a instituição precisa de certa garantia de que a tomadora do crédito tem capacidade financeira para pagar a dívida ao longo do vencimento das parcelas.

No entanto, com a antecipação de recebíveis, essa necessidade é consideravelmente reduzida e você pode antecipar vários títulos em um mesmo espaço de tempo, sem ter tantas limitações.

Obviamente, a empresa que oferece esse tipo de serviço pode colocar um limite no número de títulos a serem recebidos antecipadamente, porém, esse limite pode ser consideravelmente maior que outras modalidades de financiamento e empréstimo convencionais.

Como identificar o melhor momento para solicitar?

Agora que você entendeu como funciona a antecipação de recebíveis e, principalmente, os seus maiores benefícios, mostraremos como identificar o momento certo de recorrer a esse tipo de recurso.

É importante que você saiba identificar esse momento, pois fazer essa solicitação sem um objetivo claro e bem definido pode tornar o serviço uma verdadeira dor de cabeça. Por isso, é importante ter plena consciência das razões que o fazem solicitar o crédito.

Geralmente, esse tipo de solicitação é feita por organizações que precisam levantar recursos para fomentar o capital de giro na companhia. Por exemplo, as empresas que atuam com revenda de mercadoria podem utilizar-se dessa ferramenta para angariar recursos para comprar mais produtos, como nos exemplos que mencionamos neste artigo.

A antecipação de recebíveis é uma estratégia excelente, entretanto, precisa ser utilizada de forma inteligente. Você não pode recorrer a essa opção para, simplesmente, tapar buracos ou rombos causados no departamento financeiro, em decorrência de má administração de recursos.

Essa solicitação deve ter um embasamento positivo, ou seja, ela deve ser motivada por algo que proporcionará benefícios futuros para o negócio, seja para prevenir uma dificuldade ou para aumentar a sua capacidade de gerar resultados positivos.

Para quais casos a antecipação de recebíveis é indicada?

A antecipação de recebíveis pode ser solicitada em casos em que a empresa precisa do recurso de forma mais urgente. Por exemplo, suponhamos que uma determinada organização ofereça um prazo de 60 dias para receber de seus clientes.

Mesmo que ela tenha um excelente processo de recebimento, com serviço de pagamento online, os impostos, aluguel, mercadorias adquiridas e colaboradores precisam ser pagos em até 30 dias da data de realização das vendas. Assim, esse empresário pode recorrer à antecipação de recebíveis para obter esse dinheiro mais rapidamente e arcar com essas despesas.

Quais são os 3 principais riscos e como lidar com eles?

Até agora, vimos tudo de bom que a antecipação de recebíveis pode proporcionar ao seu negócio, entretanto, nem tudo são flores no mundo empresarial e, sim, esse processo pode gerar alguns riscos tanto para você, quanto para a instituição escolhida.

Portanto, é importante ter ciência desses riscos antes de efetuar o pedido. Isso será necessário para que você avalie se a antecipação de recebíveis é viável ou não. Essa análise deve abranger o curto e, principalmente, o longo prazo. Confira os 3 principais riscos desse tipo de operação

1. Cobrança excessiva de juros e taxas

Um dos riscos desse tipo de operação é a cobrança abusiva de juros e taxas. Sabemos que a antecipação de recebíveis é um procedimento realizado por bancos e outras instituições financeiras.

Nesse sentido, é importante a verificação de todas as cobranças realizadas antes de efetivar a transação. Assim, você consegue evitar ao máximo esse tipo de complicação no procedimento.

Afinal, a cobrança das taxas pode inviabilizar o procedimento para você. Ou seja, elas podem reduzir a sua capacidade de realizar a operação desejada com o montante que foi levantado.

2. Tornar essa operação algo comum dentro da empresa

Outro grande risco que a sua empresa pode correr é tornar esse procedimento algo comum, a que se recorre com frequência para fomentar as suas atividades. Isso é muito comum em negócios que não têm um planejamento financeiro bem montado.

Em longo prazo, atitudes como essa podem comprometer severamente o lucro que a sua empresa poderia ter com as vendas. Também é importante mencionar que é necessário fazer uma cuidadosa e minuciosa avaliação do fluxo de caixa projetado.

Ou seja, como será a sua disponibilidade de recursos nos próximos meses e seu esquema de pagamento. Isso é importante para que você possa vislumbrar se, no futuro, quando título efetivamente venceria, seu negócio não sentirá falta daquele recurso que foi antecipado.

Assim, apesar de esse tipo de operação ter uma taxa de juros mais competitiva em relação a outras opções de empréstimos e financiamentos, é necessário ter em mente que a solicitação deve ser feita somente quando for realmente preciso.

O ideal é que sua empresa sempre tenha a capacidade de gerar recursos para manutenção do fluxo de caixa e se utilize da antecipação de recebíveis apenas como uma estratégia de gestão para aumentar a sua capacidade de gerar resultados. Essa é a forma inteligente de utilizar esse produto financeiro.

Obviamente, existem momentos em que é necessário tomar algumas atitudes mais enérgicas para evitar problemas financeiros mais graves. Se isso ocorrer, você pode recorrer à antecipação de recebíveis, entretanto, é importante que tenha em mente que esse tipo de situação não deve ser recorrente.

Caso isso aconteça mais vezes, é um sinal claro de que sua empresa está com algum problema de gestão, e a antecipação de recebíveis não poderá ajudar. Portanto, volte para dentro de sua organização e resolva o problema. Não utilize essa ferramenta como meio de financiar a má gestão de uma empresa.

3. O devedor original do título não efetuar o pagamento

Quando você realiza o procedimento de antecipação de recebíveis, a responsabilidade pelo recebimento do título é transferida para a instituição que ofereceu o serviço. Isso, inclusive, pode ser uma vantagem para você.

Entretanto, se a empresa tiver dificuldades para receber de determinados sacados, ela pode passar a negar a antecipação de títulos emitidos contra determinados devedores ou clientes que a sua empresa tem.

Por isso, é interessante escolher bem os títulos e dar preferência para aqueles que não costumam atrasar as liquidações. Isso é uma excelente forma de manter a reputação da sua empresa nesse tipo de operação. Também é interessante mostrar os comprovantes de pagamento de faturas anteriores do cliente cujo pagamento você deseja antecipar.

Qual a diferença entre antecipação de recebíveis e empréstimos?

Para entender a diferença entre esses dois produtos financeiros, vamos retomar o conceito de antecipação de recebíveis: trata-se de uma operação em que um título vencendo é trocado por dinheiro deduzindo do seu valor um percentual que vai para a instituição financeira que realizou a transação. Após o processo, o documento de cobrança passa a fazer parte dos recebíveis dessa instituição.

O empréstimo, por sua vez, é uma transação completamente diferente. Ele é, basicamente, uma concessão de determinado valor que será devolvido de forma parcelada ou em uma única vez, dependendo do tipo de serviço, acrescido de uma taxa de juros que pode variar de acordo com o valor e o prazo de pagamento escolhido.

Ou seja, no empréstimo, a empresa pega um valor que não pertence a ela e devolve ao banco com acréscimo de juros, como também ocorre nas transações que oferecem crédito para MEI. Na antecipação, você cede para a instituição o direito sobre um valor e ela assume o risco para recebê-lo, cobrando um percentual por isso.

Ou seja, no fim das contas, quem paga a maior parte pela antecipação de recebíveis é o sacado, cliente do solicitante. Assim, o custo financeiro para a empresa é consideravelmente menor, além de ser mais seguro.

Outra diferença substancial é a taxa de juros cobrada nas duas operações. Nos empréstimos, dependendo do grau de risco, esse percentual pode ser extremamente alto, chegando a ser abusivo, em muitos casos.

Na antecipação de recebíveis, o valor dos juros e taxas cai severamente, apresentando-se como uma opção mais barata de obter recursos. Isso ocorre porque, nesse caso, há uma garantia, que, como dissemos, é um título que pode ser cobrado e executado na Justiça, caso seja necessário. Com a redução do risco para a instituição credora, as taxas de juros tendem a ser menores.

Como e onde fazer a antecipação de recebíveis?

Para finalizar este artigo, vamos mostrar como e onde você pode fazer a antecipação de recebíveis. O tipo de empresa que oferece esse serviço já é conhecido — são as instituições bancárias, financeiras e outras organizações que oferecem crédito.

As taxas de juros podem variar bastante de uma empresa para outra, sendo assim, você pode selecionar aquela que oferece as melhores condições. Desse modo, você deve dirigir-se à instituição munido dos títulos que serão descontados, mais os documentos auxiliares que ela solicita.

Vale fazer um contato com a organização antes, para saber quais são esses papéis, considerando o fato de que cada empresa tem um procedimento diferenciado.

É importante que você saiba de mais um detalhe: a antecipação de recebíveis não precisa, necessariamente, ser feita sobre todo o valor de um título. Algumas instituições oferecem a possibilidade de você realizar o procedimento em apenas uma parte do valor.

Conheça a antecipação de boletos ASAAS

Então, mostramos tudo o que você precisa saber sobre a antecipação de recebíveis, desde o conceito até as suas vantagens e desvantagens. Agora, você pode conhecer os nossos serviços de antecipação de boletos.

Uma das principais vantagens que a nossa empresa oferece são as taxas. Trabalhamos com as melhores condições, além de contar com um sistema de análise eficiente e rápido, retornando a sua solicitação o quanto antes.

Assim como em outras operações que envolvem a cessão de crédito, aqui você também deverá cumprir alguns requisitos, são eles:

  • ANTECIPAÇÃO VIA BOLETO BANCÁRIO
  • ter o cadastro da empresa aprovado no sistema ASAAS;
  • ter a primeira transferência realizada no sistema há, no mínimo, 45 dias;
  • o produto ou serviço que deu origem à cobrança precisa ter sido entregue ao cliente;
  • apresentar NF-e ou contrato de prestação de serviços com reconhecimento de firma em cartório referente ao serviço ou produto.
  • estar com todos os dados do cliente pagador devidamente preenchidos;
  • passar pelo processo de análises e entrevista com o cliente pagador da cobrança a ser antecipada;
  • ANTECIPAÇÃO VIA CARTÃO DE CRÉDITO
  • ter o cadastro da empresa aprovado no sistema ASAAS;
  • o produto ou serviço que deu origem à cobrança precisa ter sido entregue ao cliente;
  • estar com todos os dados do cliente pagador devidamente preenchidos
  • passar pelo processo de análises e entrevista com o cliente pagador da cobrança a ser antecipada;

As taxas cobradas pelo serviço são as seguintes: taxa de antecipação em cobranças via boleto bancário no percentual de 2% sobre o montante do título acrescido de 0,06% por dia antecipado. As cobranças via boleto poderão ser antecipadas no prazo máximo de 90 dias antes do seu vencimento. As vendas realizadas no cartão, ao contrário, na sua totalidade, possuindo a taxa de 0,06% ao dia antecipado, além das taxas de transação da operadora.

Como mencionamos, o prazo para a quitação da obrigação decorrente da antecipação é, basicamente, o dia de vencimento original do título que foi antecipado. Geralmente, o prazo de análise e solicitação do crédito ocorre em no máximo dois dias úteis.

Com relação ao limite que pode ser solicitado, esse pode variar de acordo com o fluxo de recebimentos que o cliente obteve nos últimos 3 meses, podendo ser maior ou menor de acordo com esse critério. Além disso, o solicitante também deverá atender às demais solicitações da empresa.

Como você pode perceber, oferecemos uma gama de vantagens no processo de antecipação de recebíveis, além de um trâmite de aprovação simples e rápido, o que garante acesso aos recursos de forma descomplicada, desde que o cliente tenha cumprido todos os requisitos.

Assim, você pode ter acesso à antecipação de recebíveis e utilizar os valores para fomentar a sua atividade, fazer o negócio gerar mais resultados positivos e, consequentemente, contribuir para o seu crescimento.

Gostou do artigo de hoje? Que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Então, baixe o nosso e-book sobre como zerar a inadimplência e chegar a 100% de previsão do fluxo de caixa!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.