Conheça agora mesmo a CETIP

Conheça agora mesmo a CETIP

Você por acaso sabe o que é a CETIP? Pois se você pretende trabalhar com aplicações financeiras mais sérias, quer fazer empréstimos bancários ou comprar títulos para seu negócio, você já deveria saber. Mas nada de desespero, porque no nosso post de hoje apresentaremos tudo o que você precisa conhecer nesse momento inicial sobre a CETIP. Quer saber do que se trata? Então confira agora mesmo:

O que é essa tal de CETIP?

A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos, a CETIP, existe desde 1984 e apresenta um importante papel no mercado de finanças, especialmente por ter um forte vínculo com o mundo empresarial. Continue lendo e descubra o que essa instituição faz e as características que a distinguem no mercado.

O que afinal a CETIP faz?

Desde já, é importante dizer que a CETIP é uma empresa privada com capital aberto, ou seja, não é um órgão do governo. Na verdade, atua prestando serviços a outras empresas e a organizações que investem no mercado financeiro. Suas atividades são bastante diversificadas, incluindo desde o registro até a liquidação de títulos — e é por esse motivo que é considerada como uma integradora do mercado financeiro.

Além do registro, da custódia e da liquidação, a CETIP ainda oferece uma plataforma de negociação por meio da qual é possível efetuar operações do mercado financeiro on-line. As transações concretizadas através da CETIP são muito seguras: quando acontece a compra de um título, sua transferência só é realizada após a checagem de uma série de itens básicos de segurança. Assim, se forem descobertas quaisquer divergências de dados, a transação em tela não é concluída.

Quais são suas características?

A CETIP se diferencia da Selic por atuar especificamente no segmento de títulos privados. Na CETIP são negociados principalmente títulos de Certificados de Depósitos Interbancários (CDIs), que só podem ser negociados entre bancos, em geral com validade de um dia. Assim, a instituição também é responsável pela taxa conhecida como CDI Over, calculada a partir da negociação de títulos CDI e empregada como referência pelo mercado a fim de analisar a rentabilidade de fundos de renda fixa.

Comparando a Selic com a CETIP é possível perceber que a diferença entre as taxas é, na verdade, bem pequena. Mas existe! Isso acontece por que a Selic representa a chance de o governo quebrar, enquanto a CETIP representa a chance de o banco quebrar. Como o risco é mais alto para instituições e títulos privados, mais juros recaem sobre a CETIP. Para a negociação de títulos, a CETIP trabalha com o chamado ambiente de balcão, que é mais flexível do que o ambiente de bolsa e segue as normas impostas pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM) e pelo BACEN.

Como influencia na vida empresarial?

Como os títulos CDI são usados na formação dos juros de mercado, a variação em sua rentabilidade impacta diretamente a economia do país. Mas não é apenas isso! Esses títulos também apresentam um impacto mais direto sobre o mundo corporativo, assegurando a liquidez de aplicações e o saque de recursos. Melhor ficar de olho, não acha?

Viu como, para todo gestor, é simplesmente essencial entender como funcionam a Selic e a CETIP? Afinal, mesmo que ambas estejam relacionadas a transações financeiras entre bancos, têm um papel importantíssimo na formação dos juros no mercado, na estabilidade econômica do país e, em última análise, na saúde financeira das empresas. Ficou ainda com alguma dúvida sobre a CETIP? Gostaria de dividir suas impressões conosco? Comente e participe!

Banner ASAAS

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.