Emissão de boleto na empresa: entenda as vantagens e tire suas dúvidas!

A emissão de boleto é uma das formas de pagamento mais utilizadas pelos brasileiros, especialmente aqueles que não utilizam sistemas de cartão de crédito ou que enxergam no boleto um método de pagamento mais seguro.

Isso demonstra que o pagamento de produtos e serviços por meio dessa ferramenta ainda é uma questão que gera impacto nos negócios de pequenos, médios e grandes empresários. Inclusive, fazem parte desse grupo os profissionais liberais e os microempreendedores individuais.

Entretanto, quando o assunto é boleto bancário, o desafio de muitas empresas e profissionais liberais está em oferecer formas de pagamentos que atendam às necessidades de todos os seus clientes.

Pensando nisso, desenvolvemos este guia para trazer orientações completas a respeito do pagamento e emissão de boleto, sua prática no contexto empresarial, dicas de como emitir, vantagens da adoção dessa forma de pagamento e a importância do documento na estratégia de crescimento da sua empresa ou do seu pequeno negócio.

Quer saber mais? Então, continue a leitura e descubra!

O que é um boleto bancário?

O boleto bancário é um documento utilizado em todo o território nacional como instrumento de pagamento da compra de produtos e serviços. Por meio desse documento, o emissor pode receber do pagador o valor devido referente a uma negociação mantida entre as partes.

A utilização de boleto bancário é uma prática muito comum no Brasil, sendo sua utilização estendida para vários tipos de negócios e empresas, independentemente do tamanho e ramo de atuação.

Muito se fala sobre o fim do boleto bancário, principalmente após a popularização de sistemas de pagamento com cartão de crédito. Entretanto, esse cenário está muito longe de acontecer, já que milhões de brasileiros ainda preferem essa forma de pagamento. Inclusive, recentemente o mercado sofreu mudanças com a extinção do boleto sem registro e a substituição pelo documento com registro, o que demonstra uma evolução e a permanência da forma de pagamento em nossas rotinas.

É notório que esse título representa a forma mais simples e ágil para realização de pagamentos, além de oferecer soluções importantes para os empresários, já que também é um instrumento que facilita possíveis cobranças futuras e protestos em cartórios de cobrança e auxilia na gestão e controle por parte dos empresários, comerciantes e profissionais liberais que o utilizam.

Considerando o número extremamente alto de brasileiros que não possuem cartão de crédito — e ainda aqueles que sequer têm conta em instituições bancárias —, oferecer a possibilidade de pagamento via boleto bancário é praticamente um requisito de sobrevivência para as empresas e prestadores de serviços que atuam no mercado.

Inclusive, é interessante destacar que muitas empresas chegam a oferecer descontos para aquelas pessoas que optam pelo pagamento via boleto, uma vez que o empresário também ganha algumas vantagens quando opta por essa forma de pagamento, o que demonstra a sua utilidade e viabilidade no contexto do mercado atual.

Assim, o boleto bancário representa um título de cobrança que pode ser pago em qualquer estabelecimento conveniado ou instituição bancária até uma determinada data. Vale lembrar que o boleto pode ser pago em bancos, lotéricas, alguns supermercados, caixas eletrônicos e até mesmo por meio do sistema de Internet Banking do celular ou computador.

Por que fazer pagamento via boleto?

O primeiro motivo pelo qual você deve considerar o boleto bancário em seu negócio é pelo fato de que, além de ser uma das modalidades de cobrança mais antigas do mercado, ele está entre uma das formas de pagamento mais utilizadas para compras online no Brasil.

Dessa forma, você, como empresário ou profissional autônomo, não pode ignorar a relevância e a necessidade de oferecer aos seus clientes a possibilidade de realizar pagamentos por meio de boletos bancários.

Além de ser uma solução interessante para fidelizar seus clientes atuais, essa opção pode ser utilizada para atrair a atenção e o interesse de novos clientes para a sua empresa.

Elencamos a seguir as principais vantagens que a adoção de um sistema de pagamento via boleto oferece para empresas e clientes. Confira!

Diminui os seus custos

Reduzir os custos é um assunto que interessa a qualquer empresário, seja ele atuante no comércio online ou presencial, seja um prestador de serviços.

E é justamente na redução de custos que o boleto se torna uma opção interessante. Comparado com outras formas de pagamento, ele ainda se apresenta como a solução menos onerosa para o empresário e, em muitos casos, também para o cliente.

O custo para emitir um boleto é muito mais baixo se comparado com os custos do cartão de crédito (que tem taxa de administração, aluguel de máquina e retenção do pagamento do valor da compra por 31 dias) e de formas de pagamento como a Transferência Eletrônica (TED).

Dessa forma, a primeira vantagem que merece destaque no pagamento via boleto bancário é a diminuição geral dos custos para o empreendedor e possivelmente também para o seu cliente.

Traz segurança para o consumidor

A segunda vantagem está vinculada diretamente ao consumidor. Nessa modalidade de pagamento, o comprador não precisa fornecer os seus dados bancários, o que se torna um fator atrativo para alguns perfis de consumidores, especialmente aqueles que gostam de realizar compras em e-commerce que oferece boleto online ou que já tiveram problemas com roubo de informações e clonagem de cartão de crédito.

Outro aspecto que está relacionado à segurança dos consumidores é a operação de emissão de boletos registrados e o fim dos boletos sem registro, que representa ainda mais proteção para todos os envolvidos na negociação.

Otimiza os processos

Para as empresas e profissionais liberais, a possibilidade de receber pagamentos por meio de boletos torna os processos internos muito mais práticos, ajudando a otimizar a organização e o acompanhamento dos pagamentos.

O gestor tem condições, por exemplo, de realizar um faturamento recorrente por meio da emissão de vários boletos referentes à mesma compra de forma totalmente automatizada.

Outro fator interessante para o empresário é que com pagamentos via boleto é possível fazer a conciliação dos pagamentos, um serviço oferecido por plataformas de emissão e gestão de boletos que ajuda muito na organização e no gerenciamento do negócio.

Estimula a fidelização

A autonomia que é concedida ao consumidor por meio do boleto bancário traz vantagens também no processo de fidelização. Isso acontece porque esse meio de pagamento dá mais liberdade ao cliente para, por exemplo, atrasar alguns dias o pagamento sem que haja o consequente cancelamento do serviço, mas apenas a incidência de uma multa e juros.

Assim, em vez de afetar a relação com o cliente por causa de um cancelamento, você cobra uma pequena multa pelo atraso, evitando a suspensão da compra ou do serviço e estimulando o consumidor a continuar mantendo uma relação negocial com a sua empresa.

Facilita as operações bancárias

Os pagamentos com boletos são realizados à vista, diferentemente do que acontece com os pagamentos realizados com cartão, cujo repasse pode demorar até 30 dias.

Essa situação faz com que as transações bancárias realizadas por meio dele sejam mais rápidas, com o recebimento do valor pago em um prazo máximo de até dois dias após o efetivo pagamento por parte do cliente.

Em razão dessa agilidade, muitas empresas dão descontos aos clientes que optam pelo pagamento via boleto bancário.

Além disso, outro fator que demonstra a facilidade do pagamento via boleto é a simplicidade na emissão de novas vias, umas vez que ao utilizar plataformas de gestão específicas, o empresário tem condições de emitir segundas vias de forma rápida e descomplicada.

Todo o processo que vise facilitar o pagamento é bem vindo, uma vez que as operações bancárias devem ser uma etapa simples no processo de compras.

Permite o controle da inadimplência

Ao escolher um sistema de pagamento por boleto, a empresa tem a possibilidade de conhecer melhor o perfil dos seus clientes e entender como é o fluxo dos seus pagamentos. É possível identificar, por exemplo, aquele indivíduo que paga seus boletos sempre após o vencimento.

Além de ajudar a conhecer melhor o perfil dos clientes, ele permite que o empresário tenha condições de elaborar estratégias visando melhorar a relação e estimular essas pessoas a realizar seus pagamentos em dia.

Uma boa estratégia para incentivar o pagamento em dia é oferecer descontos, por exemplo.

Como o boleto pode ser emitido?

A emissão de boletos bancários pode ser feita tanto por pessoas físicas como por pessoas jurídicas. Assim, não possuir um CNPJ não deve ser motivo para não oferecer essa modalidade de pagamento.

Quando se fala na emissão desse documento, é possível prever duas alternativas: a primeira é o Internet Banking, que é gerido pelo banco no qual você tem uma conta. A segunda por meio de plataformas de intermediação de cobrança, que são serviços extremamente interessantes para vários perfis de empresários e profissionais que atuam de forma autônoma e querem emitir boletos.

A seguir, você vai entender um pouco mais sobre essas duas formas de pagamento e suas principais vantagens.

Internet Banking

O empresário ou profissional liberal tem a possibilidade de fazer a emissão do boleto bancário diretamente pelo sistema de Internet Banking de uma instituição financeira.

Nesse caso, o processo para emissão do documento varia de um banco para outro, entretanto, no geral, os dados solicitados para emitir o boleto são:

  • valor do título;
  • prazo de pagamento/vencimento;
  • dados do cedente/sacador/avalista (quem fará a cobrança);
  • dados do sacado (comprador/cliente);
  • orientações gerais quanto à incidência de juros e multa em caso de atraso.

Na emissão via Internet Banking, o empresário precisa ter uma conta-corrente aberta e deverá solicitar à instituição bancária a inclusão desse serviço no seu pacote, já que ele não é oferecido automaticamente para todas as pessoas que têm conta-corrente ativa.

Após preencher os dados solicitados pelo banco, o emissor pode optar pela impressão do documento, pelo envio do arquivo por e-mail ou pelo envio de um link para pagamento.

A grande desvantagem da emissão via Internet Banking é que ela exige o preenchimento manual do documento, o que não possibilita a emissão em escala. Assim, se você tiver um número grande de boletos para emitir, pode ser que essa não seja a solução mais interessante para o seu negócio.

Essa situação é um pouco diferente nos serviços de empresas que oferecem opções de plataformas de gestão e cobrança de pagamentos.

Plataformas de gestão e cobrança

Com a popularização da internet, os empresários tiveram a possibilidade de contar com serviços diferenciados, como as plataformas que oferecem serviços de recebimento, envio e gestão de dinheiro.

Seu principal objetivo é facilitar a vida do empreendedor por meio de soluções que atendam a todas as suas necessidades para a gestão de pagamentos e controle financeiro do negócio.

Por meio desse tipo de sistema, o profissional tem condições de emitir boletos com a mesma segurança daqueles emitidos via Internet Banking, mas pode contar também com alguns serviços extras, como a integração com outros sistemas e soluções para gestão de clientes e serviços.

Você tem à sua disposição todas as facilidades que o sistema de emissão do Internet Banking oferece sem a necessidade de passar pelo processo burocrático de fazer contratos com bancos. Além disso, a complexidade de integração desse tipo de plataforma é muito baixa, tornando o custo de implementação bastante atrativo para qualquer modalidade de empresa e até mesmo para os profissionais liberais que têm pequenos negócios.

Quais são as informações constantes no documento?

Você deve estar se perguntando: “afinal, quando se trata de boleto bancário, o que quer dizer cada campo?”. Assim, para tirar qualquer dúvida que você possa ter sobre o preenchimento do documento, elencamos a seguir todos os campos obrigatórios e explicamos cada um deles, destacando a sua importância. Confira!

Cedente

É o responsável pela emissão da cobrança, isto é, a empresa ou pessoa que prestou o serviço ou vendeu a mercadoria. Se você utilizar uma plataforma de intermediação de pagamentos, é o nome dessa empresa que aparecerá no campo de cedente.

Sacado

É a pessoa que vai comprar o produto ou serviço, ou seja, o consumidor responsável pelo pagamento do documento.

Dica: para a emissão de boletos registrados, é necessário informar o CPF ou CNPJ do sacado.

Sacador/Avalista

É a pessoa que vai receber o pagamento. Nesse caso, se você é o empresário que prestou o serviço ou vendeu o produto, será você quem receberá o valor, por isso seu nome e seu CPF — ou CNPJ — constarão nesse campo.

Agência e código do cedente

Nesse campo, serão informados o número da agência bancária, que geralmente varia de três a quatro dígitos, e o código do cedente, também chamado de código do beneficiário, que é um código de identificação com representação numérica.

Valor do documento

Será o valor total a ser pago pelo comprador como forma de pagamento pelo produto ou serviço prestado. Ele sempre será representado na nossa moeda, o Real Brasileiro.

Data de vencimento

É o prazo-limite que o sacado tem para fazer o pagamento do boleto sem que incida multa ou juros. Algumas empresas optam pelo cancelamento do boleto caso ele não seja pago até o vencimento. Essa regra varia de acordo com o tipo de negócio e a forma como é feita a negociação entre o vendedor e o comprador.

Além disso, como já mencionamos anteriormente, algumas empresas oferecem descontos para clientes que pagam os títulos de forma antecipada, nesse caso, a informação constará no documento.

Multa e juros

O valor de multa e juros é uma informação que não consta em todos os boletos. Ele só é válido e aparece no título quando o sacado não paga o boleto até a data do pagamento e caso exista a precisão de incidência dessas penalidades.

Dica: mora significa a cobrança de um valor pelo simples atraso, enquanto juros são valores que vão variando de acordo com o tempo que o sacado demora para efetuar o pagamento do título.

Nosso número

É o número de identificação do boleto. Esse número é único e serve para identificar o documento. A quantidade de dígitos varia de acordo com o banco emissor e a carteira.

Linha digitável

Esse número acompanha o código de barras e é utilizado pelas pessoas que vão fazer o pagamento do documento sem a impressão e leitura do código de barras.

A linha digitável contém 48 números, e cada um deles tem um significado:

  • os três primeiros dígitos são o código de identificação do banco responsável pela emissão do título;
  • o quarto dígito é o código da moeda, portanto, esse número é sempre “9”, pois simboliza o Real;
  • os 25 números seguintes são campos livres, por isso sua definição varia de um banco para outro. De forma geral, neles constam informações sobre os clientes, além disso, dentro desses campos existem também os códigos verificadores que servem para certificar que os números da linha digitável estão corretos;
  • por fim, os quatorze algarismos finais representam o valor do boleto e a sua data de vencimento. Quando esses números se iniciam com “0000”, significa que o boleto não tem data de vencimento estabelecida.

O que preciso saber para emitir um boleto?

Ao longo deste texto, você já teve acesso a todas as informações necessárias sobre como funciona o boleto e o que é necessário saber antes de emiti-lo.

A primeira informação relevante que você deve adotar na prática é a segurança com relação à emissão, por isso, o empresário que procura uma forma de emitir boletos bancários por meio de intermediadores deve buscar fornecedores sérios e que sejam reconhecidos no mercado pela qualidade e eficiência dos serviços prestados.

Além disso, também é importante saber que ao emitir um título você sempre precisa ter em mãos os dados da sua empresa (razão social e CNPJ) ou seus dados pessoais (nome e CPF), além dos mesmos dados do comprador.

Uma dica é sempre realizar um pequeno cadastro de seus clientes, com informações gerais como nome completo, número do documento, endereço e telefone para contato. Isso vai ser importante pois vai auxiliar você em outros processos dentro da empresa, facilitando não só a emissão de boletos, mas também a gestão do seu negócio como um todo.

Por que escolher uma empresa que pode auxiliar nesse momento?

Como já explicamos anteriormente, é importante que você procure empresas que oferecem um apoio técnico especializado na emissão dos boletos na sua empresa.

Hoje em dia, é possível encontrar empresas que atuam com plataformas específicas de gestão, recebimento e envio de pagamentos. Atuar com profissionais especializados traz mais segurança para o seu negócio e evita que a vulnerabilidade e a falta de conhecimento sobre o assunto causem prejuízos para a sua empresa.

Além disso, escolher empresas sérias também traz maior segurança para os seus clientes, que poderão ter a certeza de que estão pagando um documento emitido com segurança e por uma plataforma séria, que manterá o sigilo das suas informações e efetuará o pagamento diretamente para a sua empresa.

Como você pôde ver ao longo deste guia, a emissão de boleto é um aspecto estratégico importante no seu negócio, por isso é necessário adotar medidas que facilitem o pagamento dos produtos ou serviços que você oferece ao seu cliente, estreitando o relacionamento com ele e facilitando a gestão do seu negócio.

Por meio da adoção de algumas estratégias e do apoio de empresas especializadas, você terá condições de receber os pagamentos de forma rápida e segura, tornando o seu negócio muito mais organizado e permitindo o crescimento da empresa por meio de uma gestão financeira bem estruturada e focada em resultados.

Lembre-se de que as vendas de produtos e serviços só são concretizadas quando o cliente tem uma diversidade de opções de pagamento à sua disposição. Por isso, você deve ficar atento e oferecer a ele as melhores alternativas, o que vai garantir o sucesso do seu negócio.

Agora que você já sabe o que é um boleto, conhece as suas principais características e sabe como emitir o documento, que tal colocar todo esse conhecimento em prática?

Você procura uma solução para emissão de boleto ou uma plataforma de gestão financeira para o seu negócio? Então, entre em contato com a Asaas e descubra como podemos ajudar você!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.